quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Blá, blá, blá...

Blá, blá, blá.. a garota mais linda.. Blá, blá, blá.. a mais incrível.. Blá, blá, blá.. nunca vou esquecer de você.. Blá, blá, blá.. você é diferente de todas as meninas.. Blá, blá, blá.. E eu estou impedindo você de conhecer alguém.. Blá, blá, blá.. E vai ser melhor pra você... E.. Blá, blá, ieck.

Que tal.. Blá, blá, blá.. 'FUCK YOU AND YOUR WHOLE FAMILY!'? 'VERY, VEEEERY MUCH!'.
Ahh!!!.. Blá, blá, blá.. Asshole.

É pessoas, novamente, de novo, outra vez, again, mais uma vez, bis! Here-I-am.

Cansada de ser a 'mulher maravilha', a 'garota diferente', 'aquela que eu sempre sonhei', 'a nora que mamãe pediu a Deus', 'isso-e-aquilo'... Sabe porque? Sempre tem um 'Mas...'.

Queridos, aqui vai a maneira mais digna e eficiente de se terminar com uma mulher como eu.
Futuros ex-namorados, prestem atenção!

Nadya, eu ultimamente num tenho tido uma conexão com isso tudo, nós. Eu gosto de você, mas eu gosto mais de mim. E no momento num tá sendo o que eu espero. Mas eu pretendo manter contato com você, porque você fez parte da minha vida e me ensinou muita coisa. Sem recentimentos, tudo bem? /beijo no rosto (num vem querer dar 'O Último Beijo') e nada de abraço demorado/.

(!) Aviso aos navegantes: Não me procure no dia seguinte pra saber se tá tudo bem (eu não vou me matar, óbvio!) e dizer que não perdeu o costume... e num peça pra voltar depois de uma semana. Me dê um tempo pra arrasar na pista!


Eu num sei o que tem de difícil nisso. Esse discurso de 'você-é-isso-e-aquilo, mas...', num cola mais. Pelo menos comigo. Se ser 'isso-e-aquilo' fosse o bastante, você estaria comigo, imbecil.
Homens precisam aprender que terminar um relacionamento de uma forma digna não inclui porteiros, post-it's, discursos furados, emails e nem sumir do mapa.
Sabe porque eles querem fazer aquele discursozinho barato? Porque na real, eles querem dar uma chacoalhada na vida... dar um de bebum que pega todas as vaconas, provar pra si que a masculinidade não foi afetada pelo relacionamento... Enfim, se auto-afirmar.
Depois, eles voltam pra você. A bonitinha que é pra casar. Owwn.. fofinho! VAI TOMAR NA TOBA! Comingo não cola.

EU NÃO SOU UM TROFÉU PRA VOCÊ DEIXAR GUARDADINHO NA ESTANTE E PEGAR A HORA QUE TIVER VONTADE! Mas não MESMO.

Isso sempre acontece e eu sempre sei o resultado.
Da ultima vez eu revoltei, de verdade. Filosofeei e filosofei.
E é fato que eu não ia ficar sofrendo no marasmo (embora ele achasse que eu tava sofrendo por opção. Opção dele, só se for.).
Tomei um banho, escovei meu cabelo, me P-R-O-D-U-Z-I. Saí de casa FABULOSA pra balada. Essa é a lição pra vocês, homens. Nem todas as mulheres vão ficar em casa 'chorando pitangas' (termo que o próprio usou).

Num meche com uma mulher que ela pinta o olho, passa o melhor perfume, sai de casa enfurecida em busca de um qualquer que lhe pague uma tequila pra poder perder a vergonha de girar o colar de pérolas gritando 'woohoo'.

PS: Ele me procurou depois perguntando como eu estava. BEM, SEMPRE TO BEM.


E se o dessa vez me procurar... é o mesmo. TO BEM, SEMPRE BEM.
Agora tchau, que eu tenho que fazer uma escova, pintar o olho e sair de casa a procura de um qualquer que me pague uma tequila. To levando o colar de pérolas.

BeeijoNoCérebro.


-------------------------------------------------------------------***
Texto retirado do caderno. Tá sem data. Mas eu sei mais ou menos a época que foi.
AGORA EU TO ÓTIMA, SEMPRE ÓTIMA. (evoluí.. tá pensando. Ahazei.)


./semmais/.

3 comentários:

Felipe disse...

Que namorar comigo? Eu termino dignamente dps.

1 de outubro de 2009 11:00
Stephanie Lopes disse...

Ooi
isoisaoisosa Leegal ;Blábláblábláa ... Seguiiindoo taa
Beeiijos

2 de outubro de 2009 09:29
Thiago César Lima disse...

Muito legal teu blog! gostei do layout dos textos de tudo!!
Sobre a postagem, hehe! esta certa! Só tome cuidado com os aproveitadores de palntão e com as carencias elas são perigosas!!!
Parabens!! e continue assim! dando pé na bunda dos bundões!!

2 de outubro de 2009 11:19

Postar um comentário

./comenta/comenta/comenta/.